Natália
Minha festa será em 26/08/2019
Faltam 67 dias!

Sejam bem-vindos ao meu site!

Queridos amigos e familiares, este ano eu irei fazer 15 anos, ou já terei feito, depende da data que você está acessando este site. E para comemorar essa data especial eu dispensei a tradicional festa de debutante, até pq não tem nada a ver comigo. Então vou realizar um sonho. Algo que já tenho idealizado na minha cabeça há muito tempo: meu intercambio. Como destino escolhi Vancouver no Canadá e vou passar um mês lá, descobrindo novos lugares e culturas, treinando meu inglês, conhecendo pessoas novas, aprendendo a "me virar"... Pensando em facilitar e agilizar a escolha de um mimo, estou criando este site.


Sobre

thumb do arquivo 1531186778.jpg

'Ser intercambista é criar uma vida inteira novinha em folha. É nascer de novo e poder interpretar qualquer personagem. É ganhar uns bons quilos a mais, mas quem se importa? É sentir tudo mais amplo e intenso. Ser intercambista é transformar um probleminha num problemão. E resolver os desafios que a vida coloca na nossa frente com caráter. É ter sinceridade, é a vontade de ser melhor. É se olhar no espelho a cada dia e perceber que muita coisa mudou. Por dentro também. Aliás, a maior mudança é a interna. Ser intercambista é aprender a ser gentil. É ganhar uma nova melhor amiga, ou várias melhores amigas. É perder a vergonha. Ser intercambista é não se importar em dormir desconfortavelmente, desde que isso signifique ter lugar pra mais um. Ser intercambista é olhar pra trás e sentir medo, porque a velha vida não encaixa mais. Não faz mais sentido. Dá pra ficar pra sempre? É a vontade de trazer a família pra perto. É lembrar de um cheiro e chorar. Lembrar de um sorriso e chorar. E chorar sem motivo. É a maravilha de ficar longe de tudo e todos. É recomeçar. É dar valor ao dinheiro e à comida. É estranhar os pratos típicos do país anfitrião e ter um estoque de doces na mochila. É o valor da amizade. É a necessidade de um ombro amigo, um colo, um pouquinho de compreensão. É viver no aeroporto, e odiar despedidas. Ser intercambista é sentir tanto, que às vezes se faz necessário sentar um pouco pra organizar o lado de dentro. É mudar de casa e de alma. Ter fome de mundo, cultura e informação. É querer desacelerar, mas também amar a velocidade. É botar uma muda de roupa na mochila e dizer “estou indo”. Ser intercambista é nunca parar de ir. De partir. Nunca parar de chegar e aprender. E o melhor de tudo? Nunca saber onde e como tudo isso vai acabar. Ser intercambista é esse exato momento em que eu me encontro agora: sentada na minha cama, de banho tomado e pijama, me sentindo em casa. Do outro lado do mundo."