Aniversariei - Site de aniversário

Quem gosta deste e de outros esportes na neve, como o snowboard, vai encontrar na cidade de Ushuaia, na Argentina, o destino perfeito para as férias de julho. Além das belezas naturais, você também encontra opções gastronômicas de primeira, em meio a uma estrutura hoteleira completa, com alternativas para todos os gostos – e bolsos.

São Paulo (DINO) 19/06/2018 
  •  
  •  
  •  
  •  

Quem paga com Visa Infinite ou Platinum, que pode usufruir do benefício de proteção contra Perda de Conexão 

Ushuaia é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros. Possui cerca de 70 mil habitantes e sua temperatura média anual é de 6ºC. No verão, a temperatura média fica em torno de 10ºC, enquanto no inverno, beira os 2ºC. Os ventos são frequentes e gelados, fazendo com que a sensação térmica seja ainda mais baixa, atingindo, em situações extremas, 20ºC.

Não há voos diretos saindo do Brasil para lá: é preciso parar em Buenos Aires antes de seguir até Ushuaia. Motivo de preocupação? Não para quem paga com Visa Infinite, que pode usufruir do benefício de proteção contra Perda de Conexão. Clique aqui e conheça o benefício. 

Capital da província da Terra do Fogo, Ushuaia também é conhecida como A Cidade Mais Austral do Mundo ou A Cidade do Fim do Mundo graças à sua localização geográfica, no extremo sul do globo terrestre. Seu nome tem origem na cultura indígena vámana: “Us” significa ao fundo e “uaia”, baía.

A cidade possui a temporada mais longa das estações de esqui no continente sul-americano, com neve durante todo o período entre o fim de junho e o fim de setembro. Ou seja, tempo de sobra para praticar esportes de inverno na famosa estação Cerro Castor, que possui diversas atrações e lanchonetes para atender o público.

Além disso, há outros centros invernais em que você pode andar em trenós puxados por cachorros ou em motos de neve. Sem contar a navegação pelo Canal de Beagle, onde é possível observar os lobos-marinhos e os cormorões, uma espécie de ave marinha conhecida no Brasil como corvo-marinho ou biguá.

ONDE FICAR

A região central é perfeita para quem quiser ficar mais próximo dos restaurantes e das principais lojas da cidade – lembrando que lá é zona franca, então vale a pena fazer compras. Alguns dos melhores hotéis nessa área são o Cilene del Faro, com suítes espaçosas e bem equipadas, o Lennox, localizado na avenida principal, e o Hotel de los Andes, que tem uma pizzaria convidativa no piso térreo.

Quem prefere se hospedar mais longe do centro vai encontrar boas opções no Arakur, no Los Cauquenes e no Las Hayas. O ponto forte desses hotéis é a infraestrutura, similar a de resorts, e a vista dos quartos. O Castor Ski Lodge, embora mais simples, é indicado para esquiadores experientes que querem fugir das pistas e roteiros mais tradicionais.

ONDE COMER

O forte da região são os frutos do mar, sendo a centolla, uma espécie de caranguejo gigante que vive por lá, a principal especialidade. Trate de reservar um tempo para experimentar essa delícia local em restaurantes como o tradicional El Viejo Marino e o Maria Lola Restó.

Mas se os frutos do mar não são a sua praia, não precisa lamentar: há lugares como o Almacén de Ramos, uma mistura de bistrô, padaria e café, e o Bodegón Fueguino, com massas e milanesas. E já que estamos falando de frio, tomar uma bebida quente no Ovejitas de La Patagonia ou no Dublin é uma boa ideia. Este último ainda conta com um segundo endereço, que funciona como um pub que serve cervejas locais e artesanais. Opções quentíssimas em pleno inverno ao sul do planeta.

Saiba mais sobre o benefício da Perda de Conexão para quem utiliza o Visa Infinite através do link

Ajuda